Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

25 DE NOVEMBRO - TODA MULHER TEM DIREITO A UMA VIDA SEM VIOLÊNCIA

Imagem
Pode ser difícil ver esse cartaz, você pode até achar apelativo, forte demais, estranho e sem gosto. Mas é isso mesmo: a violência é feia, estranha, esquisita e de mal gosto, mas o pior de tudo é que ela MATA: A NOSSA MÃE, A NOSSA FILHA, A NÓS MESMAS. DENUNCIE No Brasil Em Portugal AMSK/Brasil

Strasbourg 29.09.2013

Strasbourg 29.09.2013          Drago amala,kolegoja,          Drago Romalen, devlesa arakaf tumen. Ande Europa reslam ande jek situacija te nashaven amare manushen, kaij mudaren amare chavoren amari kultura amari nacija. Avilas o momento te kidas amen te rodas droma anda kadij bari bibaxtali kriza. Sar dzjanen e mandaturi amare delegatongi nakel kado bersh. Dzi akana, chi jek anda amare umbreli ci kerdas oficijalno registracija. Kodo bishol; ke kado amaro kidipe le forumosko sas te avel o palutno! Sar penen amare statutija le delegaton si noma maksimalno duj drom mandaturi. Maij but tumendar sas te na achjen amenca; Tumenca sas te merel o Forumo. Kana diklam kadij situacija astardam te keras bucij te paruvas amare statutija te shaij te keras maij dur bucij. Tumen dzanen, ke amere delegaton naij love, naij len shaijpe/shanca te keren amenca profesionalno bucij. E thema save vasde amenca o Forumo, e Thema save pende ke dzjutin amare delegato

SUJEITOS DE DIREITOS III

Imagem
Não estamos tão distantes da realidade mundial/Europeia em relação a essa parcela considerável da população mundial. A partir de algumas visitas e dispositivos de investigação chegamos a um certo ponto comum: o Brasil precisa acordar para dar as bases concretas de assistência médica a essa faixa da população e isso pode acontecer, desde que se perceba a grande besteira que é, quando se renega um povo para debaixo do tapete.  Números e saúde são companheiros inseparáveis, assim como educação e liberdade de expressão.  Sobre os romani no Brasil AMSK/Brasil

SUJEITOS DE DIREITOS II

Imagem
"A hora de agir é agora". "Não podemos aceitar que mais uma geração perdida de meninas e meninos ciganos cujo único expectativas são vidas de pobreza, discriminação e exclusão e cujos futuros são ditadas por estereótipos negativos." http://www.ohchr.org/en/NewsEvents/Pages/DisplayNews.aspx?NewsID=12046&LangID=E AMSK/Brasil