SUJEITOS DE DIREITOS III



Não estamos tão distantes da realidade mundial/Europeia em relação a essa parcela considerável da população mundial. A partir de algumas visitas e dispositivos de investigação chegamos a um certo ponto comum: o Brasil precisa acordar para dar as bases concretas de assistência médica a essa faixa da população e isso pode acontecer, desde que se perceba a grande besteira que é, quando se renega um povo para debaixo do tapete. 

Números e saúde são companheiros inseparáveis, assim como educação e liberdade de expressão. 

Sobre os romani no Brasil
AMSK/Brasil

Postagens mais visitadas deste blog

NOTA PÚBLICA DO CONANDA SOBRE A DECISÃO DO STF QUE PÔS FIM À VINCULAÇÃO HORÁRIA DA CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA (ARTIGO 254 DO ECA)

RESOLUÇÃO CONANDA Nº 180 DISPÕE SOBRE A IGUALDADE DE DIREITOS DE MENINAS E MENINOS

PROJETO KALINKA PROMOVE AULA TEMÁTICA AOS DISCENTES DO CURSO DE SAÚDE COLETIVA DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA