Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2019

LACHO KRECHUNO - BAXTALÊ - FELIZ NATAL - QUE SEJAS FELIZ

Tiziano - A Madona Cigana

As mulheres e aos homens de boa-fé; Feliz natividade, Feliz Natal Lacho krechuno
Aos cristãos e cristãs que festejam essa data no mundo inteiro, desejamos:
Que todas as mulheres sejam respeitadas, no direito a uma existência sem violações, sem abusos físicos, sexuais, financeiros e psicológicos; que sejam respeitadas nas suas existências, escolhas e identidades;
Que nenhuma criança quando em tenra idade, pereça pela violação de seus corpos, pela fome ou sua condição social;
Que nenhuma criança, seja perseguida de morte ou se torne estatística, vítima da perseguição do estado e do genocídio silencioso dos campos e das ruas; Que nenhuma criança sofra a indiferença, o racismo, a rromafobia e o preconceito, por fatores que jamais estiveram no campo do domínio humano; nascer ainda é divino, só depois é humano;
Que todas as crianças sejam vistas como as sementes do mundo, os frutos da humanidade, herdeiros da dignidade humana e repertórios infinitos de criação e respeito as…

71 ANOS DA DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS

No dia 10 de dezembro a Declaração Universal dos Direitos Humanos completa 71 anos em meio as conquistas e desafios na garantia dos direitos a dignidade humana. Diante da crescente criminalização dos defensores e defensoras dos direitos humanos no mundo, nós da AMSK/Brasil reafirmamos o nosso compromisso de lutar e garantir a fala e a visibilidade das questões da rromá no Brasil e juntar esforços para que o respeito a essa etnia se faça nos quatro cantos do mundo. Lutaremos e construiremos pontes para que a história não seja esquecida, para que novos muros não se levantem, para que crianças não sejam condenadas no ventre de suas mães e para que cada mulher e homem tenham o direito sagrado de existir com dignidade e respeito. Lutar pela igualdade sempre que as diferenças nos discriminem. Lutar pela diferença sempre que a igualdade nos descaracterize.Boaventura de Sousa Santos
AMSK/Brasil

25 DE NOVEMBRO - DIA INTERNACIONAL PARA A ELIMINAÇÃO DA VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES

No Primeiro Encontro Feminista Latino-Americano e do Caribe realizado em Bogotá, Colômbia, em 1981, foi estabelecida a data de 25 de novembro como o “Dia Latino Americano da Não Violência Contra a Mulher” para celebração em homenagem às irmãs Mirabal – Patria, Minerva e Maria Teresa - que responderam com sua dignidade à violência, não somente contra a mulher, mas contra todo um povo. Las Mariposas, como eram conhecidas. Elas lutavam por soluções para problemas sociais de seu país. Minerva e Maria Teresa foram presas por diversas vezes no período de 1949 a 1960. Minerva usava o codinome “Mariposa” no exercício de sua militância política clandestina. Em 25 de novembro de 1960 na República Dominicana, as três irmãs regressavam de Puerto Plata, onde seus maridos se encontravam presos. Elas foram detidas na estrada e brutalmente assassinadas por agentes do governo militar. O caso teve repercussão na comunidade nacional e internacional de repúdio em relação ao governo dominicano, e acelerou …

AMSK/BRASIL PARTICIPA DA XIV RMAAM

A Reunião de Ministras e Altas Autoridades da Mulher - RMAAM é a instância de diálogo entre as máximas autoridades da mulher no âmbito do Mercosul e tem entre suas principais funções assessorar e propor ao Conselho do Mercado Comum (CMC) medidas, políticas e ações voltadas para as mulheres. Com a presença de delegações da Argentina, Paraguai e Uruguai nos dias 20 a 22 de novembro, em Brasília, Distrito Federal, o governo brasileiro realizou a XIV Reunião de Ministras e Altas Autoridades de Mulheres do Mercosul (RMAAM) sob a coordenação do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. A abertura da XIV RMAAM com o Seminário Violência Política Contra as Mulheres para as discussões sobre os desafios e superação da mulher na política. Na oportunidade, o governo brasileiro lançou a campanha de mobilização das mulheres para o ingresso na política que estimula eleger pelo ao menos uma mulher em cada Câmara Municipal Legislativa do país nas eleições municipais em 2020. Nos dias 21 e 2…

#CHEGA - PAREM DE MATAR NOSSAS CRIANÇAS

Leia a nota na integra http://primeirainfancia.org.br/ A Rede Nacional Primeira Infância (RNPI) manifesta total repúdio às mortes de crianças e adolescentes no contexto dos confrontos armados por balas nas favelas e periferias do Brasil.

A RNPI é uma articulação apartidária composta por  240 instituições, entre  organizações da sociedade civil, do governo, do setor privado, de outras redes e de organizações multilaterais que atuam, direta ou indiretamente, na promoção, defesa e garantia dos direitos da Primeira Infância – crianças de até seis anos de idade - sem discriminação étnico-racial, de gênero, regional, religiosa, ideológica, partidária, econômica, de orientação sexual ou de qualquer outra natureza.

O contexto de miserabilidade, pobreza e as desigualdades sociais são reconhecidos pelas pesquisas ao longo dos anos, como “locus” de discriminações e exclusões sociais - na sua maioria da população negra e parda -, favorecendo assim, as barbáries e crimes contra a humanidade.  Na nos…

Día Internacional da língua Romani

Día Internacional da língua Romani
5 de novembro
Um pouco de História Um pouco de reparo



Reunidos en Zagreb (Croacia) no días 3 a 5 de novembro de 2009, gitanos y gitanas de 15 países, tomaram a decisão, com o  amparo da Union Romaní Internacional, de declarar o dia 5 de novembro como Día Internacional de la Lengua Romaní.  Este veículo linguístico é de valor imprescindível, não só para a identificação dos atores principais, ou seja, do próprio povo, como também serve para identificar os anos e séculos de repressão e perseguição, que produziram uma perseguição a fim de anular essa forma de identificação e de acabar com a cultura e conseguentemente com a existencia da Romá no mundo.
No Brasil, comunidades inteiras perderam a língua e acabam por reproduzir algumas palavras no seu contexto cotidiano. Portugal e Espanha também sofreram esse ataque sem precedentes.
A Guerra de Kosovo também trouxe reflexos nesse sentido, visto que muitas crianças deixaram de fazer uso da língua no cotidiano por me…

AMSK/BRASIL PARTICIPA DO RELANÇAMENTO DA FRENTE PARLAMENTAR MISTA DE PROMOÇÃO E DEFESA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E ADOLESCENTE

A Frente Parlamentar Mista de Promoção e Defesa dos Direitos da Criança e Adolescente instituída em 1987, composta por parlamentares de todos os estados e partidos políticos com o compromisso de garantir os direitos de crianças e adolescentes do país. Nesta data quarta-feira (23), no Salão Nobre da Câmara Federal, em Brasília, Distrito Federal, foi relançada. A Deputada Federal Maria do Rosário (PT/RS) é a coordenadora geral. A AMSK/Brasil presente no evento solicitou empenho dos parlamentares em oportunizar o protagonismo e participação de crianças e adolescentes nas agendas da Frente Parlamentar. Salientou a importância do reconhecimento da etnicidade e identidade das crianças e adolescentes pertencentes a povos e comunidades tradicionais para a visibilidade nas políticas. O acontecimento contou com a presença de adolescentes do Centro Salesiano do Aprendiz, Casa de Ismael, Projeto mais Cidadania e Projeto Girassol que engrandeceram o evento com a sua arte literária. Destacaram a sua …

ODS #5: Igualdade de gênero • IBGE Explica

ODS #2: Erradicação da fome • IBGE Explica

Desenvolvimento Sustentável: o que é e quais são seus indicadores • IBGE...

ODS #1: Erradicação da pobreza • IBGE Explica

Em um mundo ideal, o combate e a eliminação da Pobreza precisam ser fundamentais. Precisamos olhar para isso e precisamos saber que vários países também estão olhando para isso.

Pois bem, nessa linha da pobreza, milhares de famílias "ciganas" estão cadastradas no Brasil e sofrem com a pobreza.

Saibam que é dever do estado enxergar as necessidades e é dever dos estados e municípios prestar atenção e buscar soluções para a resolução desses conflitos.

AMSK/Brasil

SEMINÁRIO DO PACTO NACIONAL PELA PRIMEIRA INFÂNCIA – REGIÃO NORTE

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com o apoio do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) promoveu nos dias 19 e 20 de setembro, em Manaus, Amazonas, o Seminário do Pacto Nacional pela Primeira Infância – Região Norte, com o objetivo de discutir a realidade nos Estados sobre a atenção à primeira infância no âmbito do Marco Legal da Primeira Infância (Lei nº 13.257/2016) que dispõe sobre as políticas públicas para crianças na faixa etária de 0 a 6 anos de idade.     O evento contou com a participação de autoridades nacionais e dos Estados da Região que celebraram compromisso na efetividade das políticas públicas para crianças com a assinatura do documento Pacto Nacional pela Primeira Infância.    A programação do Seminário propiciou aos participantes (magistrados, procuradores, promotores, defensores públicos, advogados, equipes psicossociais-jurídicas, parlamentares e servidores dos Poderes Executivo e Legislativo, profissionais do Sistema de Garantia dos Direitos e da sociedade c…

#SOS_CONANDA - Decreto no. 10.003

NOTA DE REPÚDIO
A Associação Internacional Maylê Sara Kalí - AMSK/Brasil, vem por meio desta, manifestar sua profunda indignação e preocupação com mais um Decreto do Presidente da República (Decreto nº 10.003, de 4 de setembro de 2019) abusivo e desrespeitoso que altera o CONSELHO NACIONAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE/CONANDA, numa clara e inequívoca demonstração do que seja esses direitos de participação e controle social, das conseguencias nacionais e internacionais dessa agenda, do desrespeito a Constituição Federal de 1988, no desmantelamento do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que aprofunda uma agenda com contribuições e avanços na defesa das crianças e adolescentes do Brasil, reconhecidas mundialmente.
Sendo todas as organizações, destituídas de suas funções no órgão colegiado, de forma abrupta, intempestiva, sem transparência, desrespeitosa e equivocada.
Precisamos discutir profundamente a presença do estado que não reconhece os temas de gênero, raça e E…

#SOS_CONANDA

O Decreto no. 10.003 e o (infindável) fundo do poço no controle social dos direitos da criança e do adolescente no governo Bolsonaro
Assis da Costa Oliveira
Vivemos em tempos de um governo que só sabe governar por Decretos, pois não possui a mínima articulação no Congresso Nacional para discutir os temas que pretende adotar para a sociedade e o próprio Estado. E, agora, possui ainda menos apoio da opinião pública, como mostrou a mais recente pesquisa de (im)popularidade do presidente Jair Bolsonaro, publicado pelo DataFolha[1]. Nessa onda crescente de autoritarismo, ilegalidade e total falta de transparência dos atos públicos, mais uma canetada jurídica foi dada no dia 4 de setembro de 2019, com a publicação do Decreto no. 10.003[2], por meio do qual interfere radicalmente na organização do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONANDA), o órgão colegiado responsável pelo planejamento e o monitoramento da política nacional de atendimento aos direitos das crianças e…

6ª MARCHA DAS MARGARIDAS: LUTA POR UM BRASIL COM SOBERANIA POPULAR, DEMOCRACIA, JUSTIÇA E LIVRE DE VIOLÊNCIA

Mulheres do campo, da floresta e das águas vindas de todas as regiões do Brasil se reúnem de quatro em quatro em Brasília, Distrito Federal, para a mobilização nacional em prol dos direitos das mulheres. A Marcha das Margaridas foi criada para celebrar a trajetória de luta e conquistas de Margarida Maria Alves, mulher negra e presidente do Sindicato Rural de Alagoa Grande, Paraíba. Durante dez anos ela ajudara promover mais de 600 ações trabalhistas contra usineiros e donos de engenhos na região da Paraíba. O êxito de suas ações em defesa dos direitos trabalhistas lhe custou a vida. Margarida foi assassinada na porta de sua casa na frente do marido e filho. A 6ª Marcha das Margaridas realizada nos dias 13 e 14 em Brasília, Distrito Federal contou com ampla programação de debates e capacitação sobre os direitos das mulheres. A edição deste ano foi desenvolvida sobre o tema “A Agroecologia e o Enfrentamento da Violência Contra a Mulher no Campo”. A AMSK/Brasil participou do evento somando…

AMSK/BRASIL PARTICIPA DA XIII JORNADA LEI MARIA DA PENHA

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) promoveu nos dias 8 e 9 de agosto a XIII Jornada Lei Maria Penha realizada no Auditório do Supremo Tribunal Federal, em Brasília – DF. O evento reuniu representantes de órgãos do Poder Judiciário (STF, CNJ, STJ, Tribunais de Justiça, Coordenadorias Estaduais da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher), do Ministério Público (Estaduais e Federal), da Defensoria Pública (Estaduais e Federal), das Secretarias de Segurança Pública); magistrados, advogados, delegados, policiais civis e militares, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da área de saúde, e sociedade em geral para debater sobre os desafios no efetivo cumprimento da Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/2006) no país. A AMSK/Brasil participou da programação do evento desenvolvida com o tema Avaliação e Gestão de Risco na Violência Doméstica contra a Mulher. Também contribuiu nos diálogos promovidos na Oficina 1 “Os impactos da violência na saúde da mulher” e …