II SEMINÁRIO DE VISIBILIDADE DOS DIREITOS HUMANOS DA MULHER



A Coordenação dos Cursos de Direitos e de Relações Internacionais - FAJS/UNICEUB promoveu o II Seminário de Visibilidade dos Direitos Humanos das Mulheres, no dia 11 de março, em Brasília, Distrito Federal.
A AMSK/Brasil representada por Elisa Costa foi convidada para compor a mesa redonda sobre o tema Mulheres e diversidade étnico-racial: a interseção gênero e raça. O momento integrado com a participação de Nailah Veleci - povo de matriz africana -, Keyla Conceição - povo pataxó -, e sob a coordenação da Profa. Sabrina Durigon.
As Mulheres pertencentes a povos tradicionais atuantes na defesa do direito à dignidade humana apresentaram suas histórias, saberes, e os desafios a serem superados para a inclusão social sem o enfrentamento ao racismo estrutural.

O tema Descontruindo Preconceitos, Conhecer e Conviver desenvolvido por Elisa Costa apresentou as ações da AMSK/Brasil para a visibilidade das Romnia na aplicação das políticas públicas setoriais e dos direitos no país. Destacou que inclusão social não é aculturamento tampouco assimilação. Algumas mulheres pertencentes ao Povo Romani ingressam na trajetória política em defesa dos direitos humanos de suas comunidades. No cotidiano lutam contra qualquer forma de constrangimento ao seu pertencimento étnico nos espaços de atendimento público e do seu trabalho.
O Seminário oportunizou aos discentes e docentes conhecerem a luta das Romnia contra o racismo estrutural e a romafobia existente no país.





Postagens mais visitadas deste blog

Porrajmos – O Holokausto Romani

AS DORES QUE O TEMPO NÃO DEVE APAGAR

NOTA DE REPÚDIO -