Día Internacional da língua Romani



Día Internacional da língua Romani

5 de novembro

Um pouco de História
Um pouco de reparo




Reunidos en Zagreb (Croacia) no días 3 a 5 de novembro de 2009, gitanos y gitanas de 15 países, tomaram a decisão, com o  amparo da Union Romaní Internacional, de declarar o dia 5 de novembro como Día Internacional de la Lengua Romaní
    
Este veículo linguístico é de valor imprescindível, não só para a identificação dos atores principais, ou seja, do próprio povo, como também serve para identificar os anos e séculos de repressão e perseguição, que produziram uma perseguição a fim de anular essa forma de identificação e de acabar com a cultura e conseguentemente com a existencia da Romá no mundo.

No Brasil, comunidades inteiras perderam a língua e acabam por reproduzir algumas palavras no seu contexto cotidiano.
Portugal e Espanha também sofreram esse ataque sem precedentes.

A Guerra de Kosovo também trouxe reflexos nesse sentido, visto que muitas crianças deixaram de fazer uso da língua no cotidiano por medo dos ataques.




Fuente:decisión 197 EX/34.

Antecedentes:  a  propuesta  de  la  República  de  Croacia,  el  Consejo  Ejecutivo  examinó,  en  su  197ª  reunión,  un  punto  titulado  “Día  mundial  del  idioma   romaní”   y   recomendó   a   la   Conferencia   General   que,   en   su   38ª reunión, proclamara el 5 de noviembre Día Mundial del Idioma Romaní.

Objeto: en este documento se presentan los antecedentes de la propuesta relativa a la proclamación del Día Mundial del Idioma Romaní.

Decisión requerida: párrafo 5.


Dia 05 de novembro é o dia Internacional da língua Români, reconhecida oficialmente em 2015 pela UNESCO. Em 2015, a UNESCO proclamou o Dia Mundial da língua Roma, a fim de incentivar a preservação da língua e cultura cigana, melhorando o bem-estar de Roma e reconhecer a importância de todas as línguas cuja diversidade é uma fonte de força que é oferecido a todas as sociedades.

A língua Romani - Romani čhib -, a língua oficial dos ciganos em todo o mundo, é um caldeirão que foi enriquecido por uma história de migrações e influências diversas. Mas isso também dá origem a sérios problemas que o colocam em perigo de desaparecer. Esta é uma sombra que paira sobre uma parte fundamental da identidade e cultura dos "assim chamados ciganos" e ameaça uma herança única de conhecimento e sabedoria. Por esta razão, a UNESCO defende um maior apoio à língua cigana, incluindo o ensino nesta língua, especialmente as crianças ciganas, para quem é a sua língua materna. Reconhecer a importância da língua romany deve fazer parte de um esforço mais vasto para prevenir todas as formas de discriminação e apoiar os Roma e os seus direitos humanos, bem como a sua inclusão e desenvolvimento social. Neste Dia Mundial da Língua Romani, vamos nos unir com o povo cigano para celebrar a sua cultura como parte da riqueza de toda a humanidade e promover a proteção de todas as línguas e culturas do mundo como um elemento básico dos direitos humanos.
Mensagem da Sra Irina Bokova, Diretora Geral da UNESCO, na ocasião do Dia Mundial da língua romani no dia 5 de novembro de 2017 em comemoração a decisão de 3 de novembro de 2015 a Conferência Geral da Unesco na resolução 38 C / 65 proclama a 05 de novembro Dia da Língua Romany Mundial , que UNESCO comemorado como o Dia Internacional 


AMSK/Brasil

Postagens mais visitadas deste blog

Porrajmos – O Holokausto Romani

AS DORES QUE O TEMPO NÃO DEVE APAGAR

DIA NACIONAL DO CIGANO, 24 DE MAIO, O QUE CELEBRAR?