Pular para o conteúdo principal

Día Internacional da língua Romani



Día Internacional da língua Romani

5 de novembro

Um pouco de História
Um pouco de reparo




Reunidos en Zagreb (Croacia) no días 3 a 5 de novembro de 2009, gitanos y gitanas de 15 países, tomaram a decisão, com o  amparo da Union Romaní Internacional, de declarar o dia 5 de novembro como Día Internacional de la Lengua Romaní
    
Este veículo linguístico é de valor imprescindível, não só para a identificação dos atores principais, ou seja, do próprio povo, como também serve para identificar os anos e séculos de repressão e perseguição, que produziram uma perseguição a fim de anular essa forma de identificação e de acabar com a cultura e conseguentemente com a existencia da Romá no mundo.

No Brasil, comunidades inteiras perderam a língua e acabam por reproduzir algumas palavras no seu contexto cotidiano.
Portugal e Espanha também sofreram esse ataque sem precedentes.

A Guerra de Kosovo também trouxe reflexos nesse sentido, visto que muitas crianças deixaram de fazer uso da língua no cotidiano por medo dos ataques.




Fuente:decisión 197 EX/34.

Antecedentes:  a  propuesta  de  la  República  de  Croacia,  el  Consejo  Ejecutivo  examinó,  en  su  197ª  reunión,  un  punto  titulado  “Día  mundial  del  idioma   romaní”   y   recomendó   a   la   Conferencia   General   que,   en   su   38ª reunión, proclamara el 5 de noviembre Día Mundial del Idioma Romaní.

Objeto: en este documento se presentan los antecedentes de la propuesta relativa a la proclamación del Día Mundial del Idioma Romaní.

Decisión requerida: párrafo 5.


Dia 05 de novembro é o dia Internacional da língua Români, reconhecida oficialmente em 2015 pela UNESCO. Em 2015, a UNESCO proclamou o Dia Mundial da língua Roma, a fim de incentivar a preservação da língua e cultura cigana, melhorando o bem-estar de Roma e reconhecer a importância de todas as línguas cuja diversidade é uma fonte de força que é oferecido a todas as sociedades.

A língua Romani - Romani čhib -, a língua oficial dos ciganos em todo o mundo, é um caldeirão que foi enriquecido por uma história de migrações e influências diversas. Mas isso também dá origem a sérios problemas que o colocam em perigo de desaparecer. Esta é uma sombra que paira sobre uma parte fundamental da identidade e cultura dos "assim chamados ciganos" e ameaça uma herança única de conhecimento e sabedoria. Por esta razão, a UNESCO defende um maior apoio à língua cigana, incluindo o ensino nesta língua, especialmente as crianças ciganas, para quem é a sua língua materna. Reconhecer a importância da língua romany deve fazer parte de um esforço mais vasto para prevenir todas as formas de discriminação e apoiar os Roma e os seus direitos humanos, bem como a sua inclusão e desenvolvimento social. Neste Dia Mundial da Língua Romani, vamos nos unir com o povo cigano para celebrar a sua cultura como parte da riqueza de toda a humanidade e promover a proteção de todas as línguas e culturas do mundo como um elemento básico dos direitos humanos.
Mensagem da Sra Irina Bokova, Diretora Geral da UNESCO, na ocasião do Dia Mundial da língua romani no dia 5 de novembro de 2017 em comemoração a decisão de 3 de novembro de 2015 a Conferência Geral da Unesco na resolução 38 C / 65 proclama a 05 de novembro Dia da Língua Romany Mundial , que UNESCO comemorado como o Dia Internacional 


AMSK/Brasil

Postagens mais visitadas deste blog

COMUNICADO PÚBLICO #VidasRomanyImportam

  COMUNICADO PÚBLICO #VidasRomanyImportam É preciso dizer #Dosta #Basta   A Union Romani Iternactional – IRU/ Office Agency Brazil , por meio do escritório da AMSK/Brasil e de seus delegados/membros do Brasil e da Argentina, AICRON/Brasil, Observatorio de Mujeres Gitanas/AR - BR, Leshjae Kumpanja, ZOR/AR, Federação Romani e Academia de Letras Romani, Urban Nômades e suas representações estaduais , vem por meio desta expressar sua preocupação com a escalada de violência que está acontecendo no estado da Bahia desde o dia 13 de julho de 2021 – no município de Vitória da Conquista e redondezas.   #VidasRomanyImportam  #RomanyLivesImport   “São dias de terror” dizem alguns, outros relatam cenas de chacina, pavor e queima de carros e casas. No meio desse estouro de mais um episódio de violência, estão: um adolescente, mulheres vítimas de arma de fogo, crianças e idosos. Precisamos falar das manchetes midiáticas que retiram a identidade dessas pessoas e coaduna

#VidasRomanyImportam

 Sobre o caso: VITÓRIA DA CONQUISTA/BA Hoje, dia 19 julho de 2021 várias reuniões aconteceram e espera-se que tudo corra bem. As perseguições aos dois cidadãos acusados da morte dos dois policiais no dia 13/07 continua e foram elencados como criminosos mais seis membros da mesma família. Várias barreiras foram feitas. Consta também que várias pessoas pertencentes a família dos acusados, seguem presos... OPERAÇÃO MARTINELLI - esse é o nome apresentado de uma operação que começou ano passado, segundo a SSP/BA... https://agenciasertao.com/2021/07/19/policia-ainda-procura-por-seis-envolvidos-em-assassinatos-de-pms-na-zona-rural-de-vitoria-da-conquista/ https://agenciasertao.com/2020/07/16/operacao-prende-acusados-de-participar-do-assassinato-de-irmaos-em-carinhanha/ https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/2020/07/29/homem-suspeito-de-integrar-quadrilha-apontada-como-responsavel-por-morte-de-irmaos-e-preso-na-ba.ghtml Pelo que se pode observar, foram: 2 Policiais mortos; 4 irmãos mortos (send

DIA DA RESISTÊNCIA ROMANI - 16 de Maio

Sinti e Roma sempre lutaram contra a privação de seus direitos e seu registro “racial” desde o início. Eles protestaram contra leis discriminatórias e tentaram obter a libertação de membros da família deportados através de petições ou intervenção pessoal. “Muitos dos nossos homens estavam na Grande Guerra e lutaram pela pátria, assim como por qualquer outra. No entanto, o Dr. Portschy não considerou isso. Dr. Portschy tirou todos os nossos direitos civis ... Sempre fomos católicos romanos e, portanto, vejo-me forçado a apresentar uma queixa de todos nós nos mais altos cargos do governo do Reich. ”(Carta de protesto de Franz Horvath de Redlschlag ao governo do Reich datado de 12.5.1938) Nota: Tobias Portschy, primeiro Gauleiter de Burgenland, foi uma das forças motrizes da “política racial” dirigida aos Sinti e Roma depois do “Anschluß” da Áustria. Poucas semanas depois de escrever a carta, Franz Horvath, 63 anos, foi preso como “manifestante” e deportado para o campo de con