AMSK/Brasil 10 ANOS






 10 anos de luta

No último dia 05 de janeiro a AMSK/Brasil completou 10 anos oficialmente registrada. São muitas vitórias a se comemorar. São muitos desafios a vencer.

Desde a sua criação, a Organização vem buscando a criação de Políticas Públicas, a melhoria das agendas e a qualificação da pauta.

No ano de 2019 a AMSK/Brasil vai lançar um compilado dos 10 anos – AVANÇOS E DESAFIOS DA RROMÁ NO BRASIL. O documento que deverá ter a data da divulgação divulgada, passa pela memória de que nada deve ser construído sob a anulação ou a negação da histórica caminha política que vem sido feita.

Chega de separatismo, chega de divisão – existe a necessidade urgente de continuar construindo e cada vez de forma mais sólida e isso passa pelo aprimoramento das capacidades institucionais, o controle social e a participação social precisam urgentemente de serem qualificados. Dados e micro dados necessitam de respaldo crível, só assim podemos alcançar os meandros dessas políticas.

O Brasil precisa avançar, fazendo com que os próprios sujeitos de direito compreendam mais desde a nomenclatura, a territorialidade e a quebra de estereótipos. Hoje somos um país que cobra Bolsa universitária e ensino básico, que vislumbra qualificação profissional e fim da miséria no mesmo plano de ajuda e assistência. A dimensão de pertencimento tem avançado e precisa avançar mais e mais. Se esse homem e essa mulher de etnia, ocupar o seu lugar na discussão, conseguiremos eliminar o folclore, o pitoresco e o fantástico mundo das fantasias que ainda alcançam repercussão no país.

Qualificar é a palavra. Avançar é o objetivo.

A AMSK/Brasil agradece as parcerias, familiares, os amigos e irmãos de caminhada, de várias partes do mundo.

Como diria nossa Bibi – Vocês já viram alguém jogar pedra em árvore que não dá fruto? Por isso seguimos ajudando a construir um Brasil Români. Estamos dando frutos bons.
“QUEM CONTA A NOSSA HISTÓRIA SOMOS NÓS, E VOCÊ FAZ PARTE DELA”


                  Elisa Costa - presidente da AMSK/Brasil


Postagens mais visitadas deste blog

Porrajmos – O Holokausto Romani

AS DORES QUE O TEMPO NÃO DEVE APAGAR

NOTA DE REPÚDIO -