Palhaços e circos divulgam carta contra o golpista Tiririca

Palhaços e circos divulgam carta contra o golpista Tiririca




Palhaços e circos publicam carta de repúdio ao Deputado Tiririca
Ao Excelentíssimo Senhor Tiririca Deputado Federal
Senhor Deputado,
Nós, palhaças e palhaços profissionais, brasileiros e estrangeiros engajados na defesa da democracia do Brasil, manifestamos nossa mais completa insatisfação e repúdio em relação à postura e ao voto de V.Exa na votação do processo de impeachment do último domingo, 17 de abril de 2016.
Como o senhor bem sabe, nossa profissão se baseia, acima de tudo, na verdade e na honra com a qual o artista se dirige a seu público.
O que certamente nos diferencia do senhor, na atual situação de nosso país, é a coragem ética com a qual nós, ao contrário de V.Exa, lutamos pela consolidação da, ainda frágil, democracia brasileira.
Sabemos perfeitamente que, em nosso sistema constitucional, não se pode derrubar um governo simplesmente porque não se concorda com sua política. É preciso que se prove a existência de crime de responsabilidade. E tal noção de crime, forjada do dia para noite, em uma Câmara cujo presidente é investigado na operação Lava Jato, arranha consideravelmente a legitimidade de um processo que se pretende honesto.
V.Exa não quer, ou não tem interesse em observar esses fatos com isenção, honra e justiça. Daí nossa brutal e essencial diferença.
Portanto, deputado Tiririca, trocando em miúdos: no último domingo, lamentavelmente, o senhor não representou os palhaços e palhaças profissionais, envergonhando aqueles que buscam honrar o seu ofício de levar alegria ao povo brasileiro.
Assinam esta carta, as entidades circenses, os coletivos de circo e da palhaçaria e os artistas abaixo:
Cooperativa nacional de CircoCooperativa Paulista de TeatroHugo Possolo e Raul barretto - Parlapatões Patifes e Paspalhões – SP Fernando sampaio - Cia. La mínima – SPesio magalhães e tiche vianna - Barracão Teatro – SP – Campinas
fernando yamamoto - cLOWNS DE SHAKESPEARE – RN
Lily curcio - Seres DE LUZ – sp – cAMPINAS
dagoberto feliz e suzana aragão – folias d´arte – sp
Vera Abbud – As Graças - sp
VAL DE CARVALHO - Coletivo SampalhAças – SP
paulo federal - Casa 360 – Espaço de Arte e bem estar – sp
SILVIA LEBLON - NA Companhia dos anjos – sp – campinas
christiane paoli quito – professora da escola de arte dramática/eca-usp
bete dorgam – professora da escola de arte dramática/eca-usp
Angel Bonora Jorda - Espanha.
Angela de Castro – Inglaterra
Claudio Carneiro – Cirque du Soleil
Ivan Prado – PORTAVOZ INTERNACIONAL DE PALLASOS EM REBELDIA
Duo Finelli – EUA
giovanni foresti – oucloup - itália
Erin Leigh Crites – EUA
Daniela barros – RJ
ÂNGELO BRANDINI – SP
CHRISTIANE GALVAN -SP
VERA LUCIA RIBEIRO - aS MARIAS DAS GRAÇAS – RJ
eSTUDANTES DO INSTITUTO DE ARTES DA UNESP
Festival dos Inhamuns de Circo, Bonecos e Artes de Rua - CE
Circo Escola Lona da Maria – Ce – Itapipoca
MOVIMENTO POPULAR ESCAMBO LIVRE DE RUA - Brasil
ANEPS (Articulação Nacional de Movimentos e Práticas de Educação Popular e Saúde) – SC
Ponto de Cultura Galpão da Cena de Itapipoca – ce
Associação de Artes Cênicas de Itapipoca -AARTI- Ce
CIRCO GUARACIABA – SP – SOROCABA
CIRCO KOSKOSWISK – SP - SOROCABA
Cia. Balé Baião – ce
Arte JUCÁ – ce
CERVANTES DO BRASIL – CE
Coletivo M´Boitata – MS – Dourados
paola mussati - cia. pelo cano – sp
lUCIANA vIACAVA - cia do ó - sp
Instituto hahaha – Mg
bando de palhaços - rj
lona bamba – sp
Dona Zefinha - ce
circo klenquen - SP
forças armadas - sp
circo di só ladies - sp
CIA. Cromossomos – SP
Circo do Asfalto – SP - São Bernardo do Campo
Coletivo Bassusseder - SP
Cia Vôos – Sp
Esquadrilha da risada - sp
Cia. da Reprise – sp
Exército contra nada – sp
clowbaret - sp
Cia. Maravilhas – PE
Cia. Humatriz - PE
Las cabaças – pará - brASIL
CIRCOVOLANTE - MG
Grupo Off-Sina - RJ
Cia do Solo - RJ
Núcleo Artístico Gema - RJ
Cia Theatro em Cena - MT
Companhia Cênica Ventura - RN
Grupo Teatral Nativos da Terra Rasgada – SP - sorocaba
Charanga Mutante - rj
BANDO LA TRUPE- RN
CIA. CIRANDUÍS - Rn
CIA. ARTE E RISO DE UMARIZAL - rn
CIA ARTE VIVA DE SANTA CRUZ - rn
GRUPO CAFURINGA DE RECIFE - pe
MOVIMENTO CHÁ, CAFÉ, PROSEADO - rn
CENOPOESIA TRAK-TRAK - rn
Palhaço Gourmet – pr
Circo Rodado – prColetivo Miúdo – pr
CIRCOVOLANTE - Mg
PALHAÇO CUS-CUZ - JUNIO SANTOS - BRASIL
Cia. Gêmea - Mg
Coletivo VagaMundo - Rs

Cláudio Celso Monteiro Júnior · São Paulo, Brazil
Para quem não sabe, Francisco Everardo Oliveira Silva, o TIRIRICA é cigano, da etnia Kalón, pertencente a categoria dos “gorbeta” (ciganos circences). Infelizmente são poucos os artistas ciganos que, ao atingirem a fama, continuam assumindo sua identidade étnica Por vergonha, preferem escondê-la. Lovaveis exeções que fugiram ou fogem à regra: Benito de Paula, Dedé Santana, Wagner Tiso, Zé Rodrix e Cecília Meirelles. Mas este é não é o caso de Tiririca, que nunca se assumiu publicamente como cigano, e que, uma vez parlamentar, nada ou muito pouco fez por seu povo, além do Projeto “Meu Treiler Minha Vida’ (óbvia paródia do sucesso “Minha Casa Minha Vida”) que beneficiaria “artistas de circo” (em nenhum momento explicitamente, os ciganos).
Os ciganos- designação genérica dada aos povos rromá- vêm sendo alvo de perseguições, políticas segregacionistas, genocídios, e todo e qualquer tipo de marginalização social desde sua presença no mundo ocidental, a quase mil anos. Ações motivadas pelo preconceito; preconceito este, segunto o antropólogo Franz Moonen, baseado no esteriótipo, entre outros, do cigano trapaceiro.
TRAPAÇA !
Esse é o nome exato a ser dado ao voto pró golpe dado por Tiririca.
Com seu ato traiçoeiro, Tiririca, mais uma vez negou suas origens, pois no mundo rromá – um mundo onde o analfabetismo grassa e praticamente inexiste a documentação escrita, a palavra de um cigano é sua honra e sua verdade. E ele havia, por diversas vezes, espontaneamente, dito não ao golpe.
Poderíamos conjecturar sobre o que fez Tiririca mudar de ideia, mas isso não descaracterizaria seu ato como um ato de traição e trapaça.
Neste sentido, os rromá só tem a ganhar com o fato desse trapaceiro ter vergonha se ser cigano pois não há dúvidas que Francisco Everardo Oliveira Silva é a vergonha dos ciganos do Brasil.
UPRÉ RROMÁ !
Cláudio C. Monteiro Jr.
Sociólogo
Autor de “A Cigana Emília : Etnias e Xingamentos no Sítio do Picapau Amarelo”


Mais do que isso, muito mais, ele se esqueceu que hoje o Brasil comemora o dia 24 de maio, como o DIA DO CIGANO, que lutamos todos os dias por melhores condições de vida para todos o Povo Romani no Brasil. 

Uma pena um deputado tão desinformado sobre sua própria etnia, triste, muito triste.

Cana o drom si lungo, naxtis piras korkorro.

AMSK/Brasil

Postagens mais visitadas deste blog

RESOLUÇÃO CONANDA Nº 180 DISPÕE SOBRE A IGUALDADE DE DIREITOS DE MENINAS E MENINOS

PROJETO KALINKA PROMOVE AULA TEMÁTICA AOS DISCENTES DO CURSO DE SAÚDE COLETIVA DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

24 DE MAIO - DIA NACIONAL DO POVO ROM (os assim chamados ciganos)