Holocausto, Shoah E Porrajmos




Enquanto os termos Holocausto e Shoah se referem ao extermínio de 6 milhões de judeus (2/3 da população judaica da Europa e 1/3 de judeus do mundo), a historiografia européia mais recente cunhou o termo em romani Porrajmos para denominar o extermínio dos ciganos pelos nazistas e seus colaboradores na Alemanha e nos países ocupados.

O Porrajmos vitimou aproximadamente metade da população cigana da Europa (500 mil ciganos) e foi resultado de uma política planejada, direcionada, sobretudo, contra os ciganos nômades, de exclusãosócio-econômica, ―guetoização‖, trabalho forçado para firmas alemãs em campos de concentração (―extermínio pelo trabalho‖), fuzilamentos pelas Einsatzgruppen (forçastarefa especiais), experiências pseudo-científicas, eutanásia, fome, doenças e gaseamento por gás Zyklon B nos campos de extermínio.

CAVALCANTI, Ania. O trabalho forçado e a política de extermínio de ciganos durante o nazismo, p. 3

Postagens mais visitadas deste blog

RESOLUÇÃO CONANDA Nº 180 DISPÕE SOBRE A IGUALDADE DE DIREITOS DE MENINAS E MENINOS

PROJETO KALINKA PROMOVE AULA TEMÁTICA AOS DISCENTES DO CURSO DE SAÚDE COLETIVA DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

24 DE MAIO - DIA NACIONAL DO POVO ROM (os assim chamados ciganos)