Pular para o conteúdo principal

CNPIR - ELEIÇÕES PARA O BIÊNIO 2014/2016



Conselho da Igualdade Racial seleciona organizações da sociedade civil para o biênio 2014/2016.


Data: 02/09/2014 


As inscrições podem ser feitas até o próximo dia 30/9, por via postal. Entidades da sociedade civil, interessadas em compor o Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial – CNPIR, no biênio 2014/2016, tem até 30 de setembro para apresentar sua candidatura. De acordo com o edital, publicado ontem (02/09) no Diário Oficial da União, 19 organizações serão incorporadas ao órgão colegiado, que tem caráter consultivo e na estrutura básica da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República – SEPPIR/PR.
 
As vagas serão preenchidas a partir das especificações do Edital para as categorias “População Negra” - Organizações gerais do Movimento Negro; “Representativas de segmentos” - Comunidades de Terreiro; Juventude; Mulheres; Quilombolas; Trabalhadores(as); e “Temáticas” - Comunicação, Educação, Pesquisa, Meio Ambiente ou Saúde; Povos indígenas; Comunidades Ciganas; Comunidade Judaica e Comunidade Árabe.


As organizações interessadas devem encaminhar documentação completa para o endereço:

“Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial / Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial – ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS - BLOCO A - SALA 522, 5º ANDAR, CEP: 70.054-906, BRASÍLIA-DF”.


É necessário também identificar o envelope: “Edital nº 4, de 29 de agosto de 2014 – Seleção de organizações da Sociedade Civil sem fins lucrativos para integrar o Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial (CNPIR) – Biênio 2014-2016”


Além da inscrição, o processo seletivo terá mais duas etapas: habilitação e seleção. Nesta última fase, todas as redes e entidades consideradas aptas tem direito a voto em todas as categorias.


CNPIR


Coordenado pela Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), o CNPIR é um órgão colegiado, de caráter consultivo, que tem por finalidade propor, em âmbito nacional, políticas de promoção da igualdade racial com ênfase na população negra e outros segmentos raciais e étnicos da população brasileira.

O Conselho ainda tem por missão propor alternativas para a superação das desigualdades raciais, tanto do ponto de vista econômico quanto social, político e cultural, ampliando, assim, os processos de controle social sobre as referidas políticas. O CNPIR é composto por 22 órgãos do Poder Público Federal, 19 entidades da sociedade civil selecionadas através de edital público, e por três notáveis indicados pela SEPPIR.

Quem poderá se candidatar à próxima eleição do CNPIR?

As redes e organizações que comprovarem:

  • Atuação no enfrentamento ao racismo, na promoção da igualdade racial e na defesa, garantia e ampliação dos direitos da população negra e de outros segmentos étnico-raciais;
  • Que Tenham pelo menos três anos de funcionamento, com atuação nacional ou regional comprovada, de acordo com o que segue: Nacional – (a) redes ou organizações que tenham filiadas ou seções em no mínimo em 13 (treze) Estados de 03 (três) regiões do País; Regional – redes e organizações com filiadas ou seções em pelo menos 70% dos estados da região respectiva;
  • Redes ou organizações que, embora sediadas em uma única localidade, tenham reconhecida atuação nacional, observados os seguintes critérios: a) execução de ações e/ou atividades comprovadas de âmbito nacional; ou b) manutenção de canal de comunicação (site, blog, portal, jornal impresso ou eletrônico) através do qual a rede ou organização estabeleça o diálogo com a sociedade civil de todo país.
Quais categorias da sociedade civil podem fazer parte da nova composição do CNPIR?

  • População Negra: Organizações gerais do Movimento Negro;
  • Representativas de segmentos: Comunidades de Terreiro; Juventude; Mulheres; Quilombolas; Trabalhadores(as);
  • Temáticas: Comunicação, educação, pesquisa, meio ambiente ou saúde; Povos indígenas; Comunidades Ciganas; Comunidade Judaica e Comunidade árabe.
Coordenação de Comunicação da SEPPIR

Postagens mais visitadas deste blog

COMUNICADO PÚBLICO #VidasRomanyImportam

  COMUNICADO PÚBLICO #VidasRomanyImportam É preciso dizer #Dosta #Basta   A Union Romani Iternactional – IRU/ Office Agency Brazil , por meio do escritório da AMSK/Brasil e de seus delegados/membros do Brasil e da Argentina, AICRON/Brasil, Observatorio de Mujeres Gitanas/AR - BR, Leshjae Kumpanja, ZOR/AR, Federação Romani e Academia de Letras Romani, Urban Nômades e suas representações estaduais , vem por meio desta expressar sua preocupação com a escalada de violência que está acontecendo no estado da Bahia desde o dia 13 de julho de 2021 – no município de Vitória da Conquista e redondezas.   #VidasRomanyImportam  #RomanyLivesImport   “São dias de terror” dizem alguns, outros relatam cenas de chacina, pavor e queima de carros e casas. No meio desse estouro de mais um episódio de violência, estão: um adolescente, mulheres vítimas de arma de fogo, crianças e idosos. Precisamos falar das manchetes midiáticas que retiram a identidade dessas pessoas e coaduna

#VidasRomanyImportam

 Sobre o caso: VITÓRIA DA CONQUISTA/BA Hoje, dia 19 julho de 2021 várias reuniões aconteceram e espera-se que tudo corra bem. As perseguições aos dois cidadãos acusados da morte dos dois policiais no dia 13/07 continua e foram elencados como criminosos mais seis membros da mesma família. Várias barreiras foram feitas. Consta também que várias pessoas pertencentes a família dos acusados, seguem presos... OPERAÇÃO MARTINELLI - esse é o nome apresentado de uma operação que começou ano passado, segundo a SSP/BA... https://agenciasertao.com/2021/07/19/policia-ainda-procura-por-seis-envolvidos-em-assassinatos-de-pms-na-zona-rural-de-vitoria-da-conquista/ https://agenciasertao.com/2020/07/16/operacao-prende-acusados-de-participar-do-assassinato-de-irmaos-em-carinhanha/ https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/2020/07/29/homem-suspeito-de-integrar-quadrilha-apontada-como-responsavel-por-morte-de-irmaos-e-preso-na-ba.ghtml Pelo que se pode observar, foram: 2 Policiais mortos; 4 irmãos mortos (send

DIA DA RESISTÊNCIA ROMANI - 16 de Maio

Sinti e Roma sempre lutaram contra a privação de seus direitos e seu registro “racial” desde o início. Eles protestaram contra leis discriminatórias e tentaram obter a libertação de membros da família deportados através de petições ou intervenção pessoal. “Muitos dos nossos homens estavam na Grande Guerra e lutaram pela pátria, assim como por qualquer outra. No entanto, o Dr. Portschy não considerou isso. Dr. Portschy tirou todos os nossos direitos civis ... Sempre fomos católicos romanos e, portanto, vejo-me forçado a apresentar uma queixa de todos nós nos mais altos cargos do governo do Reich. ”(Carta de protesto de Franz Horvath de Redlschlag ao governo do Reich datado de 12.5.1938) Nota: Tobias Portschy, primeiro Gauleiter de Burgenland, foi uma das forças motrizes da “política racial” dirigida aos Sinti e Roma depois do “Anschluß” da Áustria. Poucas semanas depois de escrever a carta, Franz Horvath, 63 anos, foi preso como “manifestante” e deportado para o campo de con