Pular para o conteúdo principal

CPICT - PARANÁ

Essa notícia é muito boa por dois motivos: primeiro ver as coisas andarem em estados que procuram realmente fazer a coisa certa e depois por ver que quando se constrói de forma verdadeira, a coisa funciona.

AMSK/Brasil

 Conselho Estadual de Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais - CPICT
(41) 3221-7243



DEDIHC

05/08/2014

SEJU dá posse a novos Conselheiros do CPICT

A SEJU realiza no próximo dia 07, a solenidade de posse dos conselheiros e conselheiras do Conselho Estadual de Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais do Estado do Paraná – CPICT/PR.

CONVITE

O CPICT/PR foi instituído pela Lei 17.425/2012 e trata-se de um órgão colegiado, consultivo, deliberativo e fiscalizador, integrante da estrutura organizacional da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos – SEJU, com a finalidade de possibilitar a participação popular nas discussões, proposições, elaborações e auxílio na implementação e fiscalização das políticas públicas para o desenvolvimento sustentável dos povos indígenas e comunidades tradicionais.

Composição:

O CPICT/PR é composto por 24 (vinte e quatro) membros, sendo:

- 50% (cinquenta por cento) representantes do Poder Público e
- 50% (cinquenta por cento) representantes de povos e comunidades tradicionais do Estado do Paraná.

Conforme o Decreto 10436/2014 serão nomeados os conselheiros e conselheiras:

I – Representantes Governamentais:
Secretaria de Estado da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos - FÁTIMA IKIKO YOKOHAMA, Titular e REGINA DE CÁSSIA BERGAMASCHI BLEY, Suplente;
Secretaria de Estado da Segurança Pública - WALLACE DE OLIVEIRA BRITO, Titular e JOSÉ RENACIR MACHADO DE SOUZA, Suplente;
Secretaria de Estado da Saúde - LUCIMAR PASIN DE GODOY, Titular e SCHIRLEY TEREZINHA FOLLADOR SCREMIN, Suplente;
Secretaria de Estado do Emprego, Trabalho e Economia Solidária - MARIA AUGUSTA ARAÚJO, Titular e MÁRIO JOSÉ DE RAUEN BACELLAR, Suplente;
Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social - PATRICIA FABIANA FRANÇA, Titular e CARIMI SCHWEITZER DALMOLIN, Suplente;
Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior - TANIA MARA DOMINGUES, Titular e JORGE MARCOS DOS SANTOS, Suplente;
Secretaria de Estado da Cultura - ALMIR PONTES FILHO, Titular e CRISTINA CARLA KLÜPPEL, Suplente;
Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos - ROSANA MARIA BARA CASTELLA, Titular e ELMA NERY, Suplente;
Secretaria de Estado da Educação - MARLI FRANCISCA PERON, Titular e DIRCEU JOSÉ DE PAULA, Suplente;
Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística - ROSANA SCARAMELLA,Titular e NÍVIA ALVES RIBEIRO MENEGAZZO, Suplente;
Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento - SERGIO DA SILVA SCHLICHTA, Titular e JEFFERSON VINICIUS MEISTER, Suplente;
Secretaria de Estado de Relações com a Comunidade - CLEMILDA SANTIAGO NETO, Titular e EDIMARA GONÇALVES SOARES, Suplente.

II – Representantes da Sociedade Civil Organizada:
Representando as benzedeiras e benzedores do Estado do Paraná - ANA MARIA DOS SANTOS, Titular e AGDA DE ANDRADE CAVALHEIRO, Suplente.;
Representando os ciganos do Estado do Paraná - CLAUDIO DOMINGO IOVANOVITCHI, Titular e TATIANE EMILIA CAMARGO IOVANOVITCHI, Suplente;
Representando as cipozeiras e cipozeiros do Estado do Paraná - MARCIA ALVES DE SOUZA PEREIRA, Titular e RUTH GONÇALVES, Suplente;
Representando as religiões de matriz africana do Estado do Paraná - BRENDA MARIA SANTOS, Titular e ROBSON BORGES ARANTES, Suplente;
Representando os faxinalenses do Estado do Paraná - HAMILTON JOSÉDA SILVA, Titular e AMANTINO SEBASTIÃO DE BEIJA, Suplente;
Representando os indígenas Guarani do Estado do Paraná - NILZA MARIA RODRIGUES, Titular e DANIEL MARACA MIRI LOPES, Suplente;
Representando os indígenas Kaingang do Estado do Paraná - JOÃO SANTOS ANDRÉ DOS SANTOS, Titular e SEBASTIÃO KAEIRA TAVARES, Suplente;
Representando os Caiçaras do Estado do Paraná - MARIA DO ROCIO DE OLIVEIRA, Titular e SEBASTIÃO DE ALMEIDA, Suplente;
Representando os Pescadores e Pescadoras Artesanais do Estado do Paraná, CLAUDIO ARAÚJO KUNES, Titular e AMARILDO DAS NEVES ALVES, Suplente.;
Representando os Quilombolas do Estado do Paraná - NILTON MORATO DOS SANTOS, e ANA MARIA SANTOS DA CRUZ, Titulares, ALCIONE FERREIRA DA SILVA e RONI DO CARMO CARDOSO, Suplentes;
Representando os Ilhéus do Estado do Paraná - MIZAEL JEFFERSON NOBRE, Titular, e OLIMPIO BENJAMIN FRANCO, Suplente.
Fonte: Departamento de Direitos Humanos e CIdadania - DEDIHC

Postagens mais visitadas deste blog

24 DE MAIO - DIA NACIONAL DO POVO ROM (os assim chamados ciganos)

O Dia Nacional do Cigano, 24 de maio, foi instituído por Decreto Presidencial, 25 de maio de 2006, como ação afirmativa para salvaguarda e o respeito a cultura de um povo que faz parte do processo organizativo brasileiro.
As ações da Associação Internacional Maylê Sara Kalí (AMSK) desde o ano 2009 tem se dedicado ao levantamento, sistematização e ampla divulgação de informações sobre o Povo Rom (os assim chamados ciganos) quanto as suas especificidades, tradições, necessidades, condições de vida e obstáculos enfrentados no acesso a direitos fundamentais. E tem pautado os poderes públicos brasileiro para a necessidade do fortalecimento das capacidades dos agentes públicos para interpretação dos direitos e adequação dos serviços relacionados ao atendimento dessa parcela da população brasileira.
A Secretaria de Gestão Estratégia e Participativa do Ministério da Saúde (SGEP/MS) lançou no dia 10 de novembro de 2016, a cartilha Subsídiospara o Cuidado à Saúde do Povo Cigano, elaborada pelo De…

RNPI MANTEM A LUTA EM DEFESA DA PRIMEIRA INFÂNCIA

Carta aberta ao Ministério dos Direitos Humanos sobre Recomendações ao Brasil feitas no III Ciclo do Mecanismo de Revisão Periódica Universal (RPU) 
A REDE NACIONAL DA PRIMEIRA INFÂNCIA, articulação nacional de organizações governamentais e não-governamentais, comprometida com a defesa e promoção dos direitos das crianças de zero a seis anos de idade, analisando as Recomendações do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas vem expor e requerer o seguinte: 
1. A Revisão Periódica Universal (RPU), criada pela Assembleia Geral da ONU em 15 de março de 2006, pela Resolução 60/251, é importante instrumento para que os 193 Estados membros das Nações Unidas, de forma cooperativa, avancem no cumprimento de suas obrigações de direitos humanos; 
2. Conforme preconiza o artigo 227 da Constituição Federal de 1988, compete à família, a sociedade e ao poder público a proteção integral de crianças e adolescentes no Brasil, além de consagrar nesta Carta Política outras garantias fundamentais como a…

INFORMATIVO ATENDIMENTO A POVOS CIGANOS NO SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - SUAS

Como desdobramento da Oficina “SUAS e o atendimento a Povos Ciganos”, realizada no dia 28 de junho de 2017, a Secretaria Nacional de Assistência Social do Ministério do Desenvolvimento Social (SNAS/MDS) lança o Informativo “Atendimento a Povos Ciganos no SUAS”com o objetivo de subsidiar os profissionais do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) no atendimento adequado aos Povos Ciganos, respeitando suas tradições e cultura. Conhecer um pouco das especificidades dos Povos Ciganos auxilia no combate à discriminação, preconceito e racismo institucional, propiciando maior visibilidade a este povo e garantindo o acesso a benefícios, serviços e direitos.
O documento é resultado do trabalho realizado pelo Departamento de Proteção Social Básica da SNAS/MDS com a colaboração da Associação Internacional Maylê Sara Kalí (AMSK/Brasil). Fomentar a aplicação da política pública de assistência social para o Povo Rom – os assim chamados ciganos – no país. 
A AMSK/Brasil agradece a todas/os do Povo …