UM DEPUTADO ESTADUAL CIGANO



                                  CARTA DE APRESENTAÇÃO

Hoje, no dia 20 de junho de 2014, eu, Carlos Rezende, 45 anos, cidadão brasileiro de etnia cigana, nascido e criado em Belo-Horizonte, Casado, pai de 5 filhos, venho falar um pouco, me dirigindo a cada um de  vocês com a mesma verdade e serenidade com que luto e trabalho, não só pelos meus, mas por todos aqueles que com trabalho árduo e maçante, colocam em suas casas o pão de cada dia. Pessoas que vem das Classes menos abastadas, que a cada dia agradece a Deus pelo pouco que conseguiu, que sabe, vive e já viveram as privações que milhões de brasileiros estão sujeitos todos os dias. Como educador popular, líder Romani (cigano) de etnia Calon do estado de Minas Gerais, integrante do Grupo de Trabalho do Ministério da Educação, realizo palestras em todo o estado a fim de conscientizar sobre a importância da educação, do respeito às diferenças sociais e diversidade cultural, da cidadania em defesa dos direitos humanos e direitos fundamentais de todo cidadão. Tenho lutado junto aos gestores públicos na esfera federal, estadual e municipal a fim de ver nossos direitos respeitados. Participei da III Conferencia Nacional de Promoção da Igualdade Racial em 2013, realizada em Brasília, como Delegado eleito do estado de Minas Gerais e membro do Conselho da SEPPIR e CONEPIR do Município do estado foram aprovados mais de 50 demandas que visam à promoção da educação, preservação da cultura, trabalho e moradia, para milhares de cidadãos brasileiros. Tenho buscado a efetiva participação da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão e da Defensoria Pública (PRDC-MG/MPF), a participação de Universidades Federais do estado de Minas Gerais no cotidiano das comunidades mais carentes, a fim de buscar soluções possíveis e viáveis de uma vida mais digna. Junto com organismos públicos tenho procurado  implementar as políticas públicas em prol da população menos favorecida no estado de Minas Gerais, propiciando a ruptura do preconceito por meio das informações sobre a realidade de vida dessas pessoas. Acredito de fato que para se construir um país melhor,  precisamos nos debruçar sobre os problemas reais e não nas ações vazias. Somos brasileiros e como tal, precisamos caminhar juntos na construção da cidadania respeitosa e igualitária. Por esses motivos aceitei o convite do PCdoB para me juntar a outros companheiros e companheiras para que juntos tenhamos condição de seguir nesse caminho de conquistas. Por fim, que a miséria, a pobreza, o racismo e o preconceito, não possam ser a herança de um povo e nem de uma nação.
Abraços a todos! 
Carlos Rezende  
acompanhe a nossa página no face: https://www.facebook.com/pages/Carlos-Rezende/264828360390509?ref_type=bookmark

Postagens mais visitadas deste blog

RESOLUÇÃO CONANDA Nº 180 DISPÕE SOBRE A IGUALDADE DE DIREITOS DE MENINAS E MENINOS

24 DE MAIO - DIA NACIONAL DO POVO ROM (os assim chamados ciganos)

MANIFESTO EM DEFESA DO BENEFÍCIO DE PRESTAÇÃO CONTINUADA – BPC