Pular para o conteúdo principal

Rromá

 Quem são os Rromá
Augustus Scherman - 1910

Balkan: Kirimlides, Arlii, Erlii, Jerlides, Sepetčides, Bugurdži,  Kalajdži, Drindari.
Carpathian: Czech, Moravian, Hungarian, West and East Slovakian and Burgenland Rroma
Vlax: Servi, Vlaxurja, Rišarja, Kalajdži, Vlax, Džambaši, Laxora, Gurbeti, Cerhara, âurar, Mačvaja, Patrinara, Lovara, Dirzara, Mašara, Kalderaša, Rudari, Bejaša, Ursari, Lingurari and Gurvara
Nordic: Abruzezzi, Calabrezi, Cale, Kaale, Lotfitka, Manouches, Volšenenge, Polska, Sinti, and Xaladitka



***

 
lo compuso el romà yugoslavo Jarko Jovanovic

Gelem Gelem (Djelem Djelem) é o hino do povo rrom (rom), também conhecido como cigano. Também é conhecido como Ђелем Ђелем, Џелем Џелем, Джелем джелем, Zhelim Zhelim, Opré Roma e Romane Shavale, e significa "caminhei, caminhei".
Foi declarado internacionalmente como hino internacional Rrom durante o Primeiro Congresso Mundial Rom, celebrado em Londres, em 1971, quando se pensou ser necessário fazer um hino e uma bandeira comum que unificasse as diversas comunidades ciganas dispersas por todo o mundo. www.unionromani.org


Gelem, gelem lungone dromensar galem
maladilem baxtale Rromençar
A Rromalen kotar tumen aven
E chaxrençar bokhale chavençar

A Rromalen, A chavalen
Caminhei, caminhei por longos caminhos
Encontrei afortunados roma
Ai, roma, de onde vêm
com as tendas e as crianças famintas?

Ai, roma, ai, rapazes!
Sàsa vi man bari familja
Mudardás la i Kali Lègia
Saren chindás vi Rromen vi Rromen
Maskar lenoe vi tikne chavorren

A Rromalen, A chavalen
Também tinha uma grande família
foi assassinada pela Legião Negra
homens e mulheres foram esquartejados
entre eles também crianças pequenas.

Ai, roma, ai, rapazes!
Putar Dvla te kale udara
Te saj dikhav kaj si me manusa
Palem ka gav lungone dromençar
Ta ka phirav baxtale Rromençar

A Rromalen, A chavalen
Abre, Deus, as negras portas
para que eu possa ver onde está minha gente.
Voltarei a percorrer os caminhos
e caminharei com os afortunados roma.

Ai, roma, ai, rapazes!
Opre Rroma isi vaxt akana
Ajde mançar sa lumáqe Rroma
O kalo muj ta e kale jakha
Kamàva len sar e kale drakha

A Rromalen, A chavalen.
Avante, roma, agora é o momento,
Venham comigo os roma do mundo
Da cara morena e dos olhos escuros
Gosto tanto como das uvas negras

Ai, roma, ai, rapazes!
A história contada em fotos.
http://amskblog.blogspot.com.br/2013/07/1971.html

***

 Sobre Ian Hancock

E a língua Rromani

 http://radoc.net/



***

"A RROMÁ"
(POVO CIGANO)

Um dia, lá do Oriente...
De onde tudo começa
Partiu meu povo contente
Caminhando sem ter pressa.
Quando partiu? Ninguém sabe
Por que partiu? Ninguém diz
Partiu quando deu vontade
Por que partiu? Porque quis...
Então aqui aparecemos
Sem nunca saber quem fomos
Nosso passado esquecemos
Só interessa o que somos.
O ontem sempre é passado
Amanhã sempre o futuro
Vivemos despreocupados
O hoje que é mais seguro.
Dizer que Pátria não temos
É uma grande insensatez
A nossa Pátria sabemos
É maior que a de vocês.
Sua Pátria é um país somente
A nossa é toda essa terra
Que Deus nos deu de presente
Por nunca fazermos guerra.
Somos um povo que canta
Feliz por saber viver
O por do sol nos encanta
Amamos o amanhecer.
E assim de partida
Hora no campo ou cidade
Seguimos a nossa vida
Somos Reis da Liberdade!

Zurka Sbano

Postagens mais visitadas deste blog

COMUNICADO PÚBLICO #VidasRomanyImportam

  COMUNICADO PÚBLICO #VidasRomanyImportam É preciso dizer #Dosta #Basta   A Union Romani Iternactional – IRU/ Office Agency Brazil , por meio do escritório da AMSK/Brasil e de seus delegados/membros do Brasil e da Argentina, AICRON/Brasil, Observatorio de Mujeres Gitanas/AR - BR, Leshjae Kumpanja, ZOR/AR, Federação Romani e Academia de Letras Romani, Urban Nômades e suas representações estaduais , vem por meio desta expressar sua preocupação com a escalada de violência que está acontecendo no estado da Bahia desde o dia 13 de julho de 2021 – no município de Vitória da Conquista e redondezas.   #VidasRomanyImportam  #RomanyLivesImport   “São dias de terror” dizem alguns, outros relatam cenas de chacina, pavor e queima de carros e casas. No meio desse estouro de mais um episódio de violência, estão: um adolescente, mulheres vítimas de arma de fogo, crianças e idosos. Precisamos falar das manchetes midiáticas que retiram a identidade dessas pessoas e coaduna

#VidasRomanyImportam

 Sobre o caso: VITÓRIA DA CONQUISTA/BA Hoje, dia 19 julho de 2021 várias reuniões aconteceram e espera-se que tudo corra bem. As perseguições aos dois cidadãos acusados da morte dos dois policiais no dia 13/07 continua e foram elencados como criminosos mais seis membros da mesma família. Várias barreiras foram feitas. Consta também que várias pessoas pertencentes a família dos acusados, seguem presos... OPERAÇÃO MARTINELLI - esse é o nome apresentado de uma operação que começou ano passado, segundo a SSP/BA... https://agenciasertao.com/2021/07/19/policia-ainda-procura-por-seis-envolvidos-em-assassinatos-de-pms-na-zona-rural-de-vitoria-da-conquista/ https://agenciasertao.com/2020/07/16/operacao-prende-acusados-de-participar-do-assassinato-de-irmaos-em-carinhanha/ https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/2020/07/29/homem-suspeito-de-integrar-quadrilha-apontada-como-responsavel-por-morte-de-irmaos-e-preso-na-ba.ghtml Pelo que se pode observar, foram: 2 Policiais mortos; 4 irmãos mortos (send

DOSTA/BASTA - COMUNICADO PÚBLICO - #VidasRomanyImportam

 " Ciganos Matam" "Ciganos executam dois policiais" "Ciganos reagem e são socorridos" "Ciganos morrem em confronto com a polícia" Policiais recebem menção de "Elogio" pelo auto de resistência de três ciganos ...  Vitória da Conquista 29 de julho de 2021. Total de "Ciganos Mortos: 8" Justiça ou vingança? Do dia 13 de julho de 2021 até o dia 30 de julho de 2021 - Oito irmãos de uma mesma família foram mortos em confronto com a polícia. Dizemos 8, porque ninguém quer se responsabilizar por Moraes (13 anos), executado no dia 14/07/2021, em uma farmácia no centro da cidade de Vitória da Conquista/BA. Nesta semana última, as falas são sobre pacificação. Falas das mais variadas autoridades.    Pacificar sobre tantos corpos?  Vivos ou mortos? A coisa já virou, já foi ... já estão mortos ...  Respondemos. Impacientes, tristes, confusos, acuados e com medo. Poderíamos falar de mais uma morte, uma que ninguém fala, que não aparece. Da m